A verdade sobre Adão – parte I

Esta discussão surgiu em nosso último café: será que se estivesse no lugar de Adão eu teria feito a mesma coisa e desobedecido a Deus?

Embora a resposta tenha de forma unânime sido “SIM”, observamos um racha em nosso grupo “cafezístico” com dois lados:

A. Adão foi diferente de nós foi o primeiro homem. Criado perfeito por Deus ele conhecia o bem, mas não o mal. Adão não nasceu corrupto como nós e foi corrompido pelo pecado. Logo, ele teria tido a chance de evitar o pecado no mundo. Mas a pergunta que não quer calar: por que ele não o fez senão conhecia o mal?

B. Adão foi igual a nós pois foi feito do mesmo material (pó da terra). Embora não conhecesse o mal, tinha capacidade de fazer o mal como nós. Cometeu pecado trazendo maldição ao mundo. Portanto, assim como Adão, eu também tenho a mesma natureza pecaminosa e teria desobedecido a Deus assim como Adão fez. O pecado era algo certo tanto em Adão quanto hoje em mim.

Tanto lado A como B podem trazer implicações interessantes:

Se o lado A está certo, como Deus poderia julgar Adão se este não conhecia o mal? Hoje temos a capacidade de distingui-los, bem e mal, por causa da lei, dos profetas e sobretudo do Evangelho de Jesus. Mas Adão não conhecia nada disso, logo, condená-lo por fazer algo que não conhecia é errado e injusto.

Se o lado B for correto, o Éden era um jogo de cartas marcadas. Assim como não consigo parar de pecar, era certo que Adão pecaria. Logo, a queda foi inevitável. Como condenar Adão e qualquer homem pecador se o pecado é certo e estamos condenados a pecar até o fim de nossa vida? Como todos os homens são pecadores através de Adão se ele não teve escolha?

Existem boas respostas na Bíblia. Um estudo dos primeiros capítulos de Gênesis, o livro de Romanos e I Coríntios 15 pode jogar luz em vários detalhes. O que podemos concluir disso tudo é que o homem sempre tem escolha, e Deus não invade e arromba a porta de ninguém.

Quanto às nuances, bem… O Paulo Brabo tentou jogar luz sobre as áreas cinzentas, entre o lado A e B.

Sinceramente, eu não tenho coragem de elucidar paradoxos.

Anúncios

One Response to A verdade sobre Adão – parte I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: