Na prática a teoria é outra

Coerência na prática é complicadíssimo. Falar é fácil, fazer é difícil, viver é um paradoxo.

Esse texto do Ed no Galilea é bem interessante, faz parte da série “pegadas na areia“:

PEGADAS NA AREIA # 6

DA CABEÇA AOS PÉS

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.
[Tiago 3.13]

Jesus era um contador de histórias. Na verdade sua vida é uma história. Seu legado não é dogmático, conceitual, tipo cartilha com princípios lógicos e enunciados teóricos. Por essa razão o discipulado acontece na trama da vida e no emaranhado das relações humanas…

O habitat natural de um seguidor de Jesus não é a biblioteca ou a sala de aula, mas o mercado, a rua, e até mesmo o burburinho complexo do templo e seu páteo cheio de fiéis em conflito e lideres religiosos desonestos. As palavras do discipulado não são apenas “saber”, “crer” e “acreditar”. São também e principalmente: “seguir”, “imitar”, “conhecer” e “obedecer”.

Veja na íntegra em http://www.galilea.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: