O amor é lindo

26 - janeiro, 2009

Amor verdadeiro não se descreve em palavras:

Nota de 3 reais

Nota de 3 reais

Os tucanos costumam fazer a dança do acasalamento expressando seu amor verdadeiro perto do período fértil, a saber, na proximidade de alguma eleição majoritária.

Anúncios

Veri gudie

23 - janeiro, 2009

Não sei porque investi tanto tempo estudando … O cara ganha mais do que eu um zilhão de vezes com um inglês fluentíssimo.


Errou acertando

22 - janeiro, 2009

Enquanto praticava a mesma técnica de Kung Fu pela milhonésima vez (obrigado professor) sem muito sucesso li essa frase de Mahatma Gandhi:

“Os únicos demônios neste mundo são os que perambulam em nossos corações, e é aí que as nossas batalhas devem ser travadas.”

Se fosse um teólogo liberal seria mais simpático a essa frase. Como ainda não estou fazendo vestibular para o ateísmo…

A Bíblia é incansável em citar exemplos de homens brilhantes que erraram devido a vontades pecaminosas que arrebataram um coração corrompido (lembre-se do famoso affair Davi X Bate-Seba ou do Ananias-Gate). É verdade também que Provérbios diz que do coração provém todas as fontes para a vida.

Talvez a percepção de Gandhi fosse realmente essa. Enxergou os homens e viu como seus desejos e paixões podem fazer um belo estrago. Talvez manifestos como um suborno convenientemente honesto,  a vingança em nome da justiça ou ainda um belo olhar de uma morena estonteante no metrô.

O que Gandhi talvez não enxergou foi que o homem transcende ao que é material e factível. Existe muito mais em pauta do que simplesmente vontades e birras. A queda do homem e a restauração em Cristo envolvem o Cosmos e a Criação. Fatos que Gandhi escolheu ignorar tentando focar o centro da questão na vontade do homem.

Sim! O homem é um ser vivente que tem vontade própria, mas não se podem ignorar criaturas espirituais que desejam acabar com qualquer vontade. O estranho é que não raro o fazem apenas satisfazendo algumas das suas vontades. É quando o pior do homem encontra a pior das criaturas.

Assim, quando finalmente você sucumbe, eles ganham o prêmio: o coração do homem é o troféu dos demônios. E se eles vencem o jogo, você perde.


Todos contra todos

19 - janeiro, 2009

Li uma notícia cuja fonte é a Portas Abertas:

Uma minúscula igreja na Faixa de Gaza está bem no meio da atual crise. 
A Igreja Batista de Gaza está fica em frente à delegacia de polícia bombardeada pelos israelenses. A igreja também foi atingida. Carl Moeller, da Portas Abertas Estados Unidos, descreveu a crise em Gaza como “uma carga inédita de violência contra os palestinos”. Segundo ele, a situação é extremamente estressante por razões óbvias. Centenas de palestinos foram mortos.

Alguns cristãos contaram à Portas Abertas sobre o horror que experimentaram à medida que Gaza era bombardeada. Cristãos de Gaza fugiram para a Cisjordânia, entre eles alguns funcionários da Sociedade Bíblica de Gaza. O pastor da igreja batista, Hanna Massad, saiu do Oriente Médio.

“É digno de nota o quanto a Igreja tem suportado ali”, comenta Carl. “Ainda assim, os cristãos continuam a orar, continuam a clamar a Deus. Quando podem, vão consolar seus vizinhos.”

Politicamente, os cristãos palestinos não são aceitos nem por Israel nem por sua própria comunidade. A comunidade cristã, diz Carl, é um grupo humanitário e religioso cercado pelo fogo cruzado e pelo embate político e militar.

“Segundo os padrões israelitas, eles são palestinos; e pelos padrões do Hamas e de outros radicais, são estrangeiros, por serem cristãos.”

Isso deixa a Igreja em uma posição precária. Carl diz que é muito difícil entregar ajuda material aos cristãos de lá – as atuais circunstâncias tornam isso impossível.

“Mas, dada a natureza precária da Igreja, suas atuais fragilidade e vulnerabilidade, devemos levar ajuda aos cristãos que precisam dela para sobreviver, coisas como roupa, alimentos e remédios.” 

Fonte: Portas Abertas

 Ser Igreja de Cristo em meio ao ódio e a estupidez é tão necessário quanto impossível. Devemos orar por esses valentes na linha de frente e ajudá-los o quanto for necessário…

E mesmo assim ainda será insuficiente, impotente!

Porque a vitória no final será do Rei*, quando Ele chegar e colocar fim nesse conflito de uma vez por todas.

* O Rei não é Barack Obama embora muitos estados unidenses e brasileiros gaiatos pensem como tal.


Katawah

12 - janeiro, 2009

Em indonésio o ato de gargalhar chama-se (ketawa). Foi o que senti ao beber o café abaixo:

katawah

Seu nome: Katawah.

Levemente adocicado, sabor equilibrado, encorpado mas sem ser caudaloso. 

O atendimento atencioso da barista ajudou. Foi lá no Spoleto da Av. Faria Lima. Tem uma cafeteria anexa ao restaurante de massas expressas (esse com x).

Uma daquelas boas surpresas para amenizar uma segunda-feira braba.


Ainda dá tempo de participar

11 - janeiro, 2009

Começo de ano é tempo de previsões, planos e pedidos. Enquanto os meios de comunicação apelam para o tarô e adivinhos oportunistas os evangélicos correm para organizar reuniões de oração e vigílias.

Deveria gostar desses eventos, mas sinceramente não me atingem. Verdade que com pessoas maduras ocorre muita comunhão, confissão e conforto. Como maturidade não é o forte da igreja evangélica brasileira as reuniões de oração e vigílias viram mesmo papagaiada.

Aí pergunto:

  • Será que as nossas vigílias e reuniões de oração tem a motivação correta?
  • Nossos eventos da igreja local seguem o modelo proposto por Jesus na oração do “Pai Nosso” ?
  • Os pedidos feitos (lista de desejos) não revelam um pouco da nossa (i)maturidade como cristãos?

Segue exemplo didático de evento gospel:

Você quer um ano de realizações, saúde, paz e felicidades? Todos nós queremos, não é? Então vamos buscar isso junto ao nosso Pai que está nos céus?

Todas as Igrejas ****** começarão a grande campanha 12 DIAS DE CLAMOR PARA 12 MESES DE BÊNÇÃOS, campanha idealizada em 1996 na nossa Igreja Sede, no bairro da Pompéia, Zona Oeste de São Paulo, e que vem sendo realizada até hoje…

Serão realizados 12 dias de cultos, sendo que cada um dos 12 cultos representará um mês, onde será levantado um clamor a Deus pedindo as bênçãos dEle em nome de Jesus para o mês em questão!

Vamos nos unir e pedir a Ele um ano abençoado!

Procure a Igreja ****** mais próxima da sua casa e juntos clamaremos a Deus para 12 meses de bênçãos!

Horários:

02/01 (6ªf): das 20h às 21h
03/01 (sab): das 19h às 21h
04/01 (dom): das 19h às 21h
05/01 (2ªf): das 20h às 21h
06/01 (3ªf): das 20h às 21h
07/01 (4ªf): das 20h às 21h
08/01 (5ªf): das 20h às 21h
09/01 (6ªf): das 20h às 21h
10/01 (sab): das 19h às 21h
11/01 (dom): das 19h às 21h
12/01 (2ªf): das 20h às 21h
13/01 (3ªf): das 20h às 21h