Passo #1: Como os gregos e etruscos questione tudo filosoficamente e coloque as Escrituras contra a parede.

“O começo de todas as ciências é o espanto de as coisas serem o que são”
(Aristóteles numa tarde quente de verão na Grécia antiga)


O sobrenatural ou espiritual está aí. Você pode ser um ateu radical que nega isso, mas ao fazê-lo você ao menos já percebeu que existe algo além do que vimos e pegamos. O homem desde o princípio tenta explicar como se dá essa relação entre o homem e o divino. Onde estará a linha entre o lado de cá e o de lá? O material e o sobrenatural, o tangível e o intangível?

Ninguém mais acredita na Hermenêutica e na existência dos autores bíblicos.
Nem o Pato Donald.

Sobre isso a Bíblia diz que no começo Deus andava no jardim próximo ao homem e que isso durou pouco (Gênesis 3:8). Nem o Saci acredita mais nessa história de Adão, Eva, Éden, Serpente, Dilúvio. Há igrejas mais modernas que ensinam que Noé foi um mito como o Hércules e o Pato Donald. Coisa chique, afinal não cai bem à Igreja ficar ensinando fábulas todo domingo.

Seguindo esse último exemplo percebi que o ateísmo evangélico para ser relevante precisa ler a Bíblia com outros olhos. Antigamente a boa Hermenêutica (ciência da interpretação) dizia que a intenção autoral era importantíssima para se extrair o sentido literal do texto. Inútil! Os autores do Antigo Testamento (Moisés, Samuel, Daniel) também são tratados com descrédito e considerados mito. Ninguém mais acredita na Hermenêutica e na existência dos autores bíblicos. Nem o Pato Donald.

Existe gente que pode embasar melhor as nossas idéias a cerca da Bíblia. Contra esses nada se pode dizer. Eles são senso e consenso comum, fazem parte do panteão da sabedoria humana. É uma velha tática de legitimação: use gente antiga (de preferência morta há muito tempo) para rubricar as suas idéias.

O segredo desses homens era questionar tudo para enfim ver a luz da razão. Questionem tudo e coloquem o próprio Deus no banco dos réus.

Sob esses requisitos os pensadores gregos são perfeitos. Esses iluminados praticamente inventaram o pensamento humano. Gostaria de estar lá para saber como foi o processo de invenção da razão e pensamentos humanos. Que métodos? Que experimentos? Incrível que numa tarde de verão na Grécia meia duzia de filósofos tenham inventado o pensamento humano.

Sim! Invoquemos Platão, Aristóteles e Sócrates. Eles sim podem extrair da Bíblia com a sua filosofia ensinamentos a respeito da verdade, da justiça e do bem para cumprir o nosso ideal  platônico. Podemos com a ajuda de Aristóteles extrair verdades espirituais antes  ocultas no meio da letra e experimentar um estado de maravilhamento quando finalmente perguntaremos: “Como ninguém percebeu isso antes? De onde esse pastor conseguiu extrair um sentido tão espiritual para esse versículo?”

O segredo desses homens era questionar tudo para enfim ver a luz da razão. Nada deverá ser poupado nesse processo. Questionem as doutrinas, o Corpo de Cristo, a salvação em Jesus e coloquem o próprio Deus no banco dos réus. Afinal foi assim que gregos e etruscos com suas caravelas saíram do mito ao maravilhamento humanista.

Por fim, três mitos que devem ser derrubados nesse seu primeiro passo rumo ao ateísmo evangélico:

1. Há coisas na Bíblia que não podem ser compreendidas: entenda tudo nesse mundo e além pela sua razão como 2+2 são 4 (lembre-se dos gregos e etruscos).

Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo:do pecado, porque não crêem em mim;da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais;do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir (João 16:8-13).
2. A Bíblia e os seus ensinamentos são literais:  será que os autores bíblicos não tinham motivações políticas, sociais e obscuras ao escrever os textos? Você acha que Deus ia querer matar os egípcios, amalequitas e os filisteus? Você ainda pensa que Israel era povo escolhido mesmo ou já se convenceu de que puxaram a sardinha para a sua brasa? E você acha que Paulo mesmo perseguido obedecia às autoridades ou esse foi um “jeitinho romano” para que as suas cartas circulassem livramente?
Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. (Romanos 9:14-15)
Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra? Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, preparados para a perdição. (Romanos 9:20-22)
3. O ensino dos apóstolos no Novo Testamento é a agenda da igreja atual: outro equívoco. Quem imagina nos dias de hoje repartir os bens para que alguns não passem fome? Não é absurdo e ultrajante alguns deixarem de comer carne por amor ao proximo ou as mulheres serem submissas aos seus maridos e permanecerem caladas? E a confissão de pecados? Coisa mais inconveniente e invasiva não acha?
Admira-me que estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema. Assim, como já dissemos, e agora repito, se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja anátema. (Gálatas 1:6-9)
Assim já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito. (Efésios 2:19-22)
Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo. (Colossenses 2:8)

Se quiser mistificar a Bíblia e sua história não leia as passagens.

Pare de ler a Bíblia e tudo ficará mistificado num piscar de olhos!

Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós, sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo, (II Coríntios 10:5)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: