A última ceia (dose)

29 - novembro, 2010

“A que caiu entre espinhos são os que ouviram e, no decorrer dos dias, foram sufocados com os cuidados, riquezas e deleites da vida; os seus frutos não chegam a amadurecer.”

O versículo fala de pessoas que ouviram o Evangelho e não corresponderam da forma que Jesus espera.

Porém quero aproveitar o versículo com algo que não está relacionado ao texto. Um assunto muito triste!

Nós amigos do café na meia-noite não nos reuniremos mais para tomar café. Culpa da vida que nos leva a caminhos e plantações diferentes.

A última dose ocorreu há semanas e desde lá a roda de café e o blog se calaram! Continuaremos a tomar café pelas encruzilhadas da vida e de vez em sempre, quem sabe, nos juntaremos para degustar junto a bebida arábica.

Sem Teologia ou discussões pertinentes. Apenas espresso, saudade e um suspiro do sabor doce-amargo-frutado que jamais esqueceremos.

Anúncios

Inferno doce ou amargo?

27 - setembro, 2010

Não estou falando de espiritualidade (termo mais infeliz nos dias de hoje) mas do diabólico Gordom Ramsay que ensina como fazer a gostosura abaixo:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/livrariadafolha/804309-gordon-ramsay-ensina-a-fazer-doce-cremoso-de-cafe-e-chocolate-veja-receita.shtml

A espiritualidade de hoje mistura céu e inferno, Cristo com religiões idólatras, igreja e bagunça. Se é pra bagunçar, prefiro o rei da cozinha infernal que faz um sincretismo delicioso de café e chocolate.

Não acredito que o inferno seja de chocolate mas tenho fé que algum amigo me presenteará com esse livro.


Fotos de um grupo de música na igreja

25 - setembro, 2010

Algumas fotos de um ensaio para o culto especial da Igreja Cristã Injili que aconteceu em setembro comemorando o seu aniversário.

Saudades de ouvir o Sr. Ibanez quebrando tudo!


IBAB Global emergente?

8 - agosto, 2010

Ainda não na telinha mas já aparece na Veja Global também chamada de Época.

No portal emergente criativo:

http://www.cristianismocriativo.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=557&Itemid=70

Dando o crédito no site da revista:

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI161499-15228,00-A+NOVA+REFORMA+PROTESTANTE+TRECHO.html

Fazendo barulho assim quem sabe ele não apresenta o Sagrado junto com o Gondim e a Ana Maria Braga?

Cozinharão uma grande muqueca neo-gospel-pós-missional-cristã-emergente-líquida.

Nota: estou passando por um momento de pausa na escrita. Ficarei mais algumas semanas sem artigos novos. Mas essa eu não podia deixar passar.


Androids de massinha

7 - maio, 2010

Estive na última quarta dia 05/05 no MotoDevSummit em São Paulo. De interessante mesmo foram os droids feitos de massa de modelar:

Será que são tão bom desenvolvedores quanto artistas plásticos?


Café ruim -> cine materna -> espresso bom

25 - fevereiro, 2010

Tudo isso num sábado de manhã no shopping Frei Caneca.

Antes das piadinhas, fui no Frei Caneca sim, apesar dos comentários maldosos sobre a frequência do lugar. Maldosos porém verdadeiros. Não sei porque as pessoas desconsideram tanto rótulos e estereótipos, em geral eles acusam no mínimo uns 60% da verdade.

Comecei tomando café no “Frei Café”.

Comentários curtos como o espresso de 2 reais merece: ácido, levemente travoso, não merece ser lembrado. Fiquei pensando se um “espresso ruim é melhor que nenhum espresso”… Se for encarar o espresso carregue no açúcar e deixe a glicose fazê-lo feliz.

Depois fui pegar um cinema a três com a minha auxiliadora e o meu rebento. O cine materna é uma idéia muito legal onde pais com bebês de até 18 meses podem apreciar a sétima arte sem ficar constrangido com os agitos do bebê. O ar-condicionado é mais fraco e o som mais baixo. A luz não é inteiramente apagada e qualquer problema atenciosas ajudantes te acodem. A sala de cinema ainda conta com um trocador e um tapetinho com brinquedos para as crianças maiores.

Fonte: Cine Materna - Luiz Frota

Maiores informações:

http://www.cinematerna.org.br/

Um detalhe: os filmes costumam ser “cult” e descolados para a  minha infelicidade. Não espere assistir blockbuster ou filmes do Spielberg.

Depois da sessão de cinema fui tomar um espresso-saideira mas mudei de cafeteria. Errar é humano, repetir o espresso meia-boca é questão de mal gosto.

Achei uma cafeteria chamada “Croma Café” no piso 1 que salvou o sábado cafezístico.

No próximo post falo mais do Croma com o seu bom e honesto Café do Centro.


Mantra da virada

1 - janeiro, 2010

O termo mais pesquisado na semana passada das pessoas que leram esse brogue:

“versiculo biblico para ler na igreja na meia noite de 31 de dezembro”

Hein?