Use sua cachola na hora de votar

5 - setembro, 2010

Depois vai ser tarde demais!

Anúncios

Vai a pé careca!

23 - março, 2010

O Serra prometeu, fez muito marketing mas não vai entregar o que prometeu como todo político. Enquanto você espera o ônibus por mais uma hora com cara de tacho veja o vídeo com a dancinha e o Dan Stulbach mala.

Reportagem da Folha: http://uol.com/bxcYT

Pequeno trecho abaixo:

O plano de expansão da rede sobre trilhos do governo José Serra (PSDB) atrasou. Obras ou entregas prometidas para 2010 em três de cinco linhas do metrô paulistano foram adiadas. Nas outras duas, há incertezas.
A promessa do Estado veiculada em panfletos e na TV era de que “28 novas estações” de metrô e de trem seriam entregues de 2007 até este ano.
Pelo menos seis, no entanto, vão atrasar: Adolfo Pinheiro e Brooklin-Campo Belo (linha 5-lilás), São Judas e Congonhas (linha 17-ouro), Luz e República (linha 4-amarela).
O governo de SP diz agora que, das 28, só 16 realmente são novas -e que as demais serão reconstruções/reformas.
O Estado exibia até ontem no site de seu plano de expansão duas promessas que já estão descartadas: a de entregar a ligação do metrô leve de São Judas ao aeroporto de Congonhas “até 2010” e a de iniciar as obras da linha 6-laranja entre Brasilândia e Água Branca. Ambas não foram nem licitadas.
O governo Serra minimiza os atrasos (considera que os prazos não podem ser tratados “de forma pontual”) e afirma que, no “ponto central”, as promessas do plano serão cumpridas.


Repeteco – mas como filhos dessa dama

2 - janeiro, 2010

Um ano depois o filme do filho da p…átria está pronto:

Um post do ano passado sobre o longa lulesco:

Nosso amado presidente  Luis Fala Fácil da Silva vai virar filme. Comédia, tragédia, romance, aventura, ação? Porno-chanchada?

http://cinema.cineclick.uol.com.br/noticias/index.php?id_noticia=21651

Nunca na história desse país babaram tanto ovo sobre um presidente. Lula pode dar um fora como no caso “sifu”, pode ser pego de calças na mão no caso do mensalão ou ainda ser filmado falando um baita de um palavrão. Nada cola no ilustríssimo companheiro. Por quê?

Porque no fundo gostamos de Lula. Ele nos representa como ninguém.  Bebe demais? Todos bebem e até dirigem assim. Mente descaradamente ao falar que “não sabia de nada”? Ah, quem não conta uma mentirinha de vez em quando… Não estudou mais do que a quarta série? Essa coisa de estudo não leva a nada, quem é bom mostra a que veio na hora H!

É assim que nós brasileiros pensamos. Não estou falando de inconsciente coletivo ou arquétipo cultural (acho isso uma grande besteira), mas sim de que o nosso povo é bem ruizinho mesmo.

Concordo com o título do filme: “Lula, o Filho do Brasil”. Ele realmente é o filho mais ilustre deste país. Tem a nossa cara de brasileiros João sem braço. A mãe de Lula não é a ótima atriz Glória Pires (Xícaras?) como no filme, mas a pátria-mãe brasileira. É como aquela música do Ultraje a Rigor:

“Mas como filhos dessa dama, que você sabe como se chama …”


BraZil em 2009

29 - dezembro, 2009

Do blog do Josias de Souza:

1. “De vez em quando inventam uma briga entre Congresso e Executivo, Legislativo e Judiciário. Ninguém aqui é freira e santa num convento” – Lula, explicando a gênese da zona que permeia as relações na República.

2. “Agi como se a cota fosse minha propriedade soberana. Confesso que caí na ilusão patrimonialista brasileira” – Fernando Gabeira (PV-RJ), ao explicar por que sua filha voara com passagem custeada pela Viúva.

3. “Ministério público é o caralho! Não tenho medo de ninguém. Da imprensa, de deputados. Pode escrever o caralho aí” – Ciro Gomes (PSB-CE), ao negar, à sua maneira, que dera passagens da Câmara a parentes.

4. “Já restituí” – Eduardo Suplicy (PT-SP), depois da revelação de que viajara a Paris com a então namorada, Mônica Dallari, com passagens da cota de senador.

5. “Estou me lixando para a opinião pública. Até porque parte dela não acredita no que vocês escrevem. Vocês batem, mas a gente se reelege” – Sérgio Moraes (PTB-RS), ao informar que inocentaria Edmar Moreira, o deputado do castelo, no processo por quebra de decoro parlamentar. Com a palavra, o eleitor gaúcho.

6. “Ela é transmitida dos porquinhos para as pessoas só quando eles espirram. Portanto, a providência elementar é não ficar perto de porquinho nenhum” – José Serra, ministrando ‘ensinamentos’ de prevenção à gripe suína.

7. “Quantos são os políticos brasileiros que realizaram campanhas eleitorais sem que alguma soma, por menor que fosse, não tenha sido contabilizada?” – Delúbio Soares, em carta ao PT, desistindo do pedido de retornar à legenda.

8. “Eu não conheço ninguém, a não ser a oposição, que tenha discordado da eleição do Irã. Por enquanto, é apenas uma coisa entre flamenguistas e vascaínos” – Lula, reduzindo a uma metáfora futebolística as fraudes eleitorais que incendiaram as ruas do Irã.

9. “Fui eleito para presidir politicamente a casa, e não para limpar as lixeiras da cozinha da casa” – José Sarney, num instante em que o entulho vazava pelas bordas do tapete do Senado.

10. “O Sarney tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum” – Lula, saindo em socorro do aliado incomum.

11. “Em casa de enforcado não se fala em corda” – FHC, desviando-se do lixo, depois de sessão comemorativa dos 15 anos do Real, no Senado.

12. “Se eu sou um Renan da vida, eu tô no governo Collor, no governo Fernando Henrique, no governo Lula, tô no governo de quem quiser” – Pedro Simon, respondendo a Renan Calheiros, que interrompera seu discurso anti-Sarney.

13. “Como ex-presidente da República, estou do lado dele e do lado do presidente Sarney. Antes de citar o meu nome desta tribuna, Vossa Excelência engula, digira e faça dela o uso que julgar conveniente” – Fernando Collor, abespinhando-se com as referências de Simon.

14. “Eu quero fazer justiça ao comportamento do senador Collor e do senador Renan, que têm dado uma sustentação muito grande aos trabalhos do governo no Senado” – Lula, cultuando os neocompanheiros, em viagem a Alagoas.

15. “Todos eles são bons pizzaiolos” – Lula, referindo-se aos senadores, em resposta a repórter que perguntara se a CPI da Petrobras terminaria em pizza temperada no pré-sal. Líder de Lula, Romero Jucá comandou o forno.

16. “Ela me perguntou se eu podia agilizar a fiscalização do filho do Sarney. Fui embora e não dei retorno. Acho que eles não queriam problema com o Sarney” – Lina Vieira, a ex-leoa, ao discorrer sobre pedido que Dilma Rousseff lhe teria feito.

17. “Eu não fiz esse pedido. Olha, eu encontrei com a secretária da Receita várias vezes, com outras pessoas junto, em grandes reuniões. Essa reunião privada a que ela se refere, eu não tive com ela” – Dilma Rousseff, desmentindo a detratora.

18. “Ela sabe que eu estive lá e sabe que falou comigo. Não custava nada ela ter dito a verdade”, Lina, em réplica.

19. “Eu não consigo ler muitas páginas por dia, dá sono. E vejo televisão, quanto mais bobagem, melhor” – Lula, numa entrevista à rádio Tupi, do Rio.

20. “Errei ao dizer que anunciaria uma renúncia irrevogável” – Aloizio Mercadante, em frase autoexplicável.

21. “Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão” – Lula, em declaração à Folha, também autoexplicável.

22. “Marina Silva é inteligente como o Obama, não é analfabeta como o Lula,
que não sabe falar, é cafona falando, grosseiro. Ela fala bem” – Caetano Veloso.

23. “Nós, humanos, temos um problema imenso. Infelizmente, não controlamos chuva, vento, raio” – Dilma Rousseff, atribuindo o apagão a causas divinas.

24. “Chegamos à conclusão de que o problema ocorreu por descargas atmosféricas” – Edison Lobão, tentando se fazer passar por Chapeuzinho Vermelho na floresta escura.

25. “Até agora nós não temos nenhuma dessas pessoas julgada e condenada. Acho absolutamente normal que elas exerçam seus direitos políticos” – Dilma Rousseff, dando boas-vindas aos mensaleiros restituídos ao diretório do PT.

26. “A experiência do PT em 2006 e 2008 mostrou que a população sabe distinguir
caixa dois de corrupção. Sabe que não teve mensalão, que ninguém enriqueceu” –José Dirceu, ao retornar ao diretório do PT.

27. “Para mim, pessoalmente, ele deu o que aparece naquele vídeo […]. Virou piada, porque é [para compra de] panetone, mas no fundo é verdade mesmo. Eu entrego panetone nas creches, nos asilos, tudo isso” – José Roberto Arruda, a primeira piada a governar o DF em toda a história da Capital.

28. “As imagens não falam por si. O que fala por si é todo o processo de apuração, todo o processo de investigação […]” – Lula, numa referência à gritante cinemateca que deu contorno visual ao ‘panetonegate’.

29. “O povo está na merda. E eu quero tirar o povo da merda em que ele está” – Lula, em cerimônia do ‘Minha Casa, Minha Vida, no Maranhão, informando que o povo continua no esgoto depois de sete anos sob sua presidência.


O pior dos dois mundos

6 - outubro, 2009
Vai virar apóstola?

Vai virar apóstola?

Evangélico-político. Dizem que essa é uma reunião de ofícios bem indigesta, senão canalha. Tenho esperança de que ainda exista por aí um cristão político ao invés de políticos-evangélicos-trambiqueiros.

Um camelo pode passar pela cabeça da agulha?

Um camelo pode passar pela cabeça da agulha?

Mas o discurso da Dilma na Igreja Assembléia de Deus do bairro do Belenzinho reforça essa idéia de que a mistura cheira muito mal mesmo… Uma mistura que não tem odor agradável: “fé” [aspas garrafais] demais não cheira bem!

Reportagem no link:

http://noticias.uol.com.br/politica/2009/10/05/ult5773u2675.jhtm

A Assembléia de Deus que já apoiou Lula, Collor e FHC. Uma diversidade política tão plural quanto o alinhamento doutrinário da denominação no Brasil.


Por falar em Olimpíadas

4 - outubro, 2009

Já que mencionamos líderes mundiais e Olimpíadas…


Ele é a besta

3 - outubro, 2009

Não entendi! Madri tinha quase tudo pronto, um plano consistente, a melhor urbanização olímpica… E ganhou o Rio?

Lula covenceu a todos. Não foi o bom filme de Meirelles (o cineasta não o banqueiro) ou o lobby folhetinesco do Paulo Coelho. Afinal, distribuir seus livros para as esposas dos eleitores do COI é sabotagem.

Achavam que o anticristo era o Obama mas ele é muito fraquinho e não conseguiu trazer “paz e segurança” nem ao Afeganistão. Lula sim é “o cara”. Aquele que seduz as nações com a sua sabedoria, a besta que vem do sertão.

Veja uma dramatização de como Lula convenceu o COI.

Quem tem orelhas ouva!