10 passos para o ateísmo evangélico

11 - março, 2010
  1. Como os gregos e etruscos questione tudo filosoficamente e coloque as Escrituras contra a parede.
  2. Mande o sobrenatural para o espaço: aplique a interpretação (pseudo) científica da Bíblia.
  3. Comece agora com a Escatologia carpe diem:  “Jesus já voltou! Você não viu?”
  4. Questionar é viver! Jogue tudo às favas:  a Igreja, sua história e as doutrinas.
  5. Checklist liberal: você ainda acredita no Deus soberano e poderoso?
  6. Oração: descubra essa nova e definitiva abordagem que  funciona (comigo pelo menos).
  7. A metodologia Zeca Pagodinho de pastoreio e aconselhamento: “Deixa a vida me levar, vida leva eu”.
  8. Universalismo e Aniquilacionismo: a sua comunidade ainda abraçará essas idéias.
  9. Espiritualidade: seja cool.
  10. Viva a utopia agnóstica.

Você se cansou dos estudos bíblicos comuns e das pregações enfadonhas do pastor? Acha que a sua igreja está atrasada no tempo? Quer um cristianismo mais antenado e multi-facetado?

Prepare o seu estômago e siga os passos dessa nova série para tornar a doutrina e prática da sua igreja mais parecida com o que há de mais revolucionário e humanista. Será uma experiência liberal, pós-evangélica, missional, poética e principalmente muito da chique e metida à Besta!

Não vai ter muito de Bíblia mas quem liga pra isso nos dias de hoje? O ateísmo evangélico vai de “F“reud a “N“ietzsche, de “B“arth a “R“ogers. No meio das iniciais de tantos autores humanistas você vai encontrar um “j” de Jesus pra justificar a parte evangélica desse novo jeito de ser [ateu] cristão.

Para achar Jesus no glossário ateu-evangélico será um pouco difícil! Estará oculto debaixo do “J” de Jung!

Anúncios